14.12.16

há praticamente dois meses que não vos escrevo, que não partilho com vocês o meu dia-a-dia. os meus dias tornaram-se muito rotineiros, pouco atarefados, e eu senti o esmorecer do ritmo que oito meses de estágio e de muito trabalho instalaram em mim. nestes últimos dois meses perdi o meu chinês e à medida que vos escrevo as lágrimas correm-me pelo rosto. vocês conhecem o amor que tenho pelo cão que me acompanhou durante dezassete anos da minha vida, o cão que cresceu comigo e que me acompanhou em todas as minhas etapas. foram dias muito difíceis mas não quero falar sobre tristezas, apenas sinto que vocês deviam saber porque este mundo virtual também é uma casa e vocês são os meus convidados e por muito que eu me ausente, haverá sempre um dia em que aqui retornarei. entretanto outro amor de quatro patas invadiu esta casa. um amor muito traquina, com uma personalidade muito forte. a sua adaptação com o yoshi não está a ser fácil mas melhores dias virão. hoje recebi também uma proposta de emprego, a qual aceitei. sexta-feira será o primeiro dia em que eu trabalharei como farmacêutica. se é o meu emprego de sonho? não mas é um bom primeiro emprego, que me dará experiência e que me permitirá adquirir competências, conhecimentos e alguma independência financeira. para vos ser sincera, já não sei o que considero como emprego de sonho; neste momento só quero evoluir, contribuir para uma mudança e sentir-me realizada. aos poucos e poucos tudo o que sonho e para o qual eu trabalho me virá parar às mãos e, se não vier, é porque não estava destinado. 

Um comentário: